Coincidindo com o finalizar das obras de requalificação dos acessos à gruta e o retomar das visitas turísticas, foi apresentado no passado dia 30 de Julho de 2011 um novo livro sobre a Gruta do Escoural, da autoria de António Carlos Silva. A sessão teve lugar em Santiago do Escoural, estando na mesa, além do autor, o Director do Museu Nacional de Arqueologia, Luís Raposo, a Directora Regional da Cultura do Alentejo, Aurora Carapinha, o presidente da Câmara de Montemor-o-Novo, Carlos Manuel Pinto de Sá, e o presidente da Junta de Freguesia de Santiago do Escoural, Duarte Vicente da Luz. Uma Gruta Pré-Histórica no Alentejo - António carlos Silva - Capa

Com o apoio da Agência Ciência Viva a Sociedade Portuguesa de Espeleologia organiza treze visitas a regiões cársicas durante os meses Julho, Agosto e Setembro num total de 60 sessões:

No Portinho da Arrábida entre as Fendas do Creiro e a Lapa de Santa Margarida - Nova
A nascente do Olho Marinho e as grutas da Columbeira, no vale tifónico de Óbidos – Caldas da Rainha - Nova
Nas faldas da Serra dos Candeeiros, desde as Penas da Andorinha até à Gruta das Alcobertas - Nova
Do Olho de Mira à Pedra do Altar e às Ventas do Diabo
A Lapa da Ovelha, a Pincha de Minde e o Regatinho
Grutas e Nascentes de Porto de Mós
Do canhão da Caranguejeira, pelo menino do Lapedo, às fontes do rio Lis e ao Buraco Roto
Da Arriba Fóssil da Serra dos Candeeiros às Grutas e Nascentes de Chiqueda
As grutas que escondem as águas subterrâneas da Serra da Arrábida
As nascentes dos rios Almonda e Alviela e a água que forma as grutas e os tufos calcários
Passeio pela serra de Montejunto entre o Vale das Rosas e o anfiteatro de Pragança
Grutas e nascentes do vale em canhão do Rio da Ota e de Alenquer
Grutas da Praia da Adraga e Pedra d’Alvidrar, com a serra de Sintra à vista

As visitas corresponderam a actividades de divulgação da Geologia e dos georecursos, através de passeios científicos no campo que possibilitaram à população a observação activa e o contacto directo com cientistas e técnicos deste sector.

Consultar os programas...

Coordenação:

  • Ilda Calçada e Filipe Alberto

Apoio Científico

  • Prof. Doutor José António Crispim
Monitores

Alexandre Galocha
Ana Teresa Morna
Bruno Fonseca
Filipe Alberto
Filipe Cera
Henrique Rézio
Hugo Bernardo
Ilda Calçada
Inês Andrade
Inês Pereira
Joana Fragoso
Joana Oliveira

Luís Ramos
Mónica Fernandes
Nuno Inês
Nuno Vieira
Pedro Marote
Pedro Santos
Ricardo Tomás
Sandra Amaro
Sofia Pereira
Tomás Grou
Ulisses Correia

Geologia no Verão - Espeleologia - Portugal

Canhão Cársico da Ribeira dos Amiais - Geologia no Verão - Sociedade Portuguesa de Espeleologia - Portugal

Geologia no Verão - Sociedade Portuguesa de Espeleologia - PortugallogoCienciaViva
Este Curso de Iniciação à Espeleologia tem como objectivo dar aos participantes a capacidade de visitar uma gruta de dificuldade média, quando enquadrados por chefes de equipa habilitados, e descobrir globalmente os diferentes aspectos culturais, científicos e ambientais relacionados com as grutas e regiões calcárias. Realiza-se nos dias 28 de Setembro, 1, 2, 4, 8 e, 9 de Outubro 2011 e é composto por aulas teóricas, treinos técnicos em falésias e visitas a grutas de acesso vertical e horizontal. Curso de Iniciaciação à Espeleologia - Setembro-Outubro 2011
Jaime Martins Ferreira, antigo presidente no início da década de 60, foi sócio fundador da SPE, onde ingressou ainda estudante de geologia. Nessa altura dinamizou também, em paralelo, o “Grupo de Espeleologia da Faculdade de Ciências”. É co-autor do primeiro artigo científico sobre a Gruta dos Moinhos Velhos. Saiu da SPE após a vitória, nas eleições, de uma lista adversária.

No final daquela década e até 1974 dirigiu o Gabinete de Estudos Espeleológicos, no âmbito do Centro Universitário de Lisboa, da Organização Nacional Mocidade Portuguesa.

Jaime_MF-Labirinto
Jaime Martins Ferreira, no Labirinto (c.1950). Foto de Abreu Nunes © 2011, SPE

Sociedade Portuguesa de Espeleologia - Curso e exploração